segunda-feira, 13 de abril de 2015

Dezoito




Dizem aqui no Brasil que ter dezoito anos é tudo, você pode beber, comprar qualquer coisas, ser qualquer coisa e ser presa... bom é o que dizem, mas eu acho que é tão mais... É hora de crescer e ser mais que uma garotinha assustada debaixo da asa dos pais... É hora de ter suas próprias responsabilidades e de enfrentar o mundo lá fora. Talvez isso seja assustador, sair assim numa aventura chamada vida, mas pode ser sensacional, pode fazer sol la fora e ser demais sentir o vento no rosto, imagino que a vida esteja ali para nos amar se a amarmos de volta e que trabalhar e ganhar seu próprio dinheiro é sensacional (realmente é agora que eu sou professora... mas isso é outra história), você só tem que ser forte e passar por cima das pedras, sorrir mais e ser mais gentil e a vida será gentil com você de volta e irá lhe sorrir mais. O ponto aqui é que eu estou adorando ter dezoito anos, porque me parece abrir um leque de oportunidades maravilhosas de seguir o lema de Carpem Die e ser feliz, amar e correr atrás dos meus sonhos, quando se sente leve assim deve-se voar e é o que eu pretendo fazer. Eu não sei aonde o vento vai me levar, mas sei que será uma grande aventura. Eu viverei a minha e torço sinceramente para que você viva intensamente a sua.

By: Megan Monteiro.