sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Final de ano.


  Quanta coisa aconteceu não é? Meu blog nasceu, eu cresci, enlouqueci, mudei completamente o meu jeito de ser, renovei, e aposto quantas historias todos ganharam pra contar, agora o ano se vai e parece que foi tão rápido, pra mim pelo menos, o ano corre, passa, voa, a aqui estamos de novo no fim, no começo. Que os fogos de artifícios, mostrem os fogos de artificio dentro de vocês como diz Kate Parry, que desse ano levem tudo o que mais gostaram, mas deixem os sofrimentos. Eu desejo a todos um  FELIZ ANO NOVO!!!!

By: Meg

Catavento


   O catavento, gira conforme o vento sopra, ele vive apenas para girar e pra alegrar aquele que o carrega. Algumas pessoas são como cataventos, pois mudam conforme o vento, outras são aquelas pessoas que vivem apenas rodando em suas bolhas sem se ligar do mundo exterior e, claro, á aqueles que vem pra alegrar. Pergunto-me se a vida não seria muito melhor se fosse como um catavento... As vezes acho uma boa idéia, um mundo sem complicações em que o unico problema seria pra onde o vento soprasse. As vezes acho que isso seria horivel, pois o que seria do mundo sem seus mistérios? Sem sua magia, o que seria de nós se fossemos apenas catavento, nada posso afirmar, tudo, frageis? Quem sabe? sei que cataventos, exercem sua função (como diz minha amiga Amy tudo exrece uma função) O unico problema é que ainda não descobri qual é a dele.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Sonhos.


   Á sonhos impossíveis, que sei não irei realizar, em breve, pois ousar usar a palavra nunca, é uma coisa que só faço em situações eternas, ou seja, quase nunca. Esse sonhos, parecem impossíveis a uns, loucos a outros, mas pra mim são tão impossíveis como quaisquer outros, e tão loucos como todas as nossas vidas são, se esses sonhos loucos, não se realizaram esse ano espero que se realizem bem depressinha. E aqueles que se realizaram, por favor continuem tão alegres a mim e tão satisfatórios, como foram o ano inteiro.Espero que todos os seus sonhos sejam realizados um dia, em um lugar em que você, por ironia talvez, nunca sonharia, mas que eles aconteçam e que vocês nunca deixem de sonhar, pois é dos sonhos é que nasce o amor, a vontade, a loucura e muito da imaginação. Feliz Ano Novo!

By: Meg- as escritora de sonhos

Como assim pensar em nada?



Somente pensa poder pensar em nada
aquele que acredita  nao poder
pensar com o subconciente

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Reflexão


Foi um ano bem diferente
Um ano em que amadureci
Talvez, devo admitir, mais do que o necessário
Comecei o ano feliz novas amizades sempre me alegram
E descobrir essas duas fascinantes criaturas foi a coisa mais legam que eu já fiz.
Elas me ensinaram muito, e muita besteira também
Mas elas ficavam longe ao meu alcance e eu tive que voltar pra casa
Ali, meses depois, minhas amigas daqui vieram falar comigo
E depois cada uma foi vendo o que eu já tinha visto
pascoa, férias, feriado prolongado, e nenhuma das vezes consegui rever minhas amigas de lá
O final do ano chegou e eu fui a loucura com os meus a fazeres.
Eu estava beirando a felicidade extrema, quando essa noticia me aconteceu:
A minha melhor amiga daqui, 10 anos de convívio, vai embora e eu não vou vê-la mais
Comecei a festejar com ela e as outras meninas tudo que eu podia, e no final... Ela volta.
Chega o natal, eu entro de vez em parafuso, quais as chances de eu poder ir pra terra das minhas amigas?
Muitas, e quais as chances de eu passar o Natal com os meus pais... Muitas,
Se eu não considerar as chances de ir para as minhas amigas.
Agora eu vejo como o ano passou correndo e quanto eu cresci esse ano, 
E o quanto eu ainda tenho pra crescer,
Leitores me apareceram e eu fiquei incapaz de expressar a minha felicidade.
 amigas que vieram, amigas que  ainda estão comigo,amigas que se vão.
Mas tenham certeza disso vocês todos estão no meu coração.
Feliz Natal, bom Ano Novo!

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Frase da noite


A vida é pra se viver, você pode fazer o que quiser com ela, a escolha é sua e somente sua, mesmo que te mostrem caminhos e caminhos, só você pode decidir qual deles seguir

Impossivel?



Você todo popular, com todos aos seus pés
Você chega em mim com esse seu jeito, desastrado, que todo mundo ama
Você age como se me amasse
Essa garota, que não é ninguém,
Que vive nos livros, e não tem vida social.
Essa garota que não é convidada pra festas,
Enquanto você arrasa em todas.
Você defende a todos e as patricinhas se jogam aos seus pés
E você corre pra mim, como se me amasse.
O que é impossível no seu caso que é tão admirado.
O problema é que você fez o impossível
Tirou essa menina certinha, 
Que vive dentro das regras e nunca faz nada de errado,
De  dentro dos livros e a colocou na vida real.
Você fez essa menina certinha reparar em tudo acontecer
E fez o mais impossível ainda...
Você me fez amar você.

By: Meg

E finalmente aconteceu


   Eu o amo! Finalmente enxergo as cores, o sol voltou e eu não consigo mais chorar, nem quero. Eu finalmente te encontrei e eu como todas penso que vai durar pra sempre, por que você me viu e eu sustentei seu olhar, seus olhos são do caramelo profundo que prendem meu olhar. Então você sorriu e seus amigos começaram a caçoar de você, eles lhe disseram que eu era uma bruxa e você apenas respondeu "Sim, e ela me enfeitiçou" ainda olhando para mim o intervalo acabou eu subi para a minha sala e você para a sua, na escada sua mão esbarrou na minha, me enviou uma descarga eletrica direto ao meu coração que acelerou.
   O tempo passou e você só me olhando e sorrindo quando eu corava, era impossível ficar longe de você, era impossível não me prender em seus olhos. Até que um dia você veio falar comigo, chovia e eu estava sozinha, e disse oi, nós rimos e nos divertimos muito aquele dia, isso eu nunca vou esquecer, eu comecei a te amar mais do que o possível. Você me abordava depois da aula e me acompanhava apé pra casa, ah! Eu lembro do dia em que minha mãe te viu e você agiu todo cordial. Eu lembro daquele dia em que você me levou aos morros nos arredores da cidade e me mostrou o por-do-sol, você é tão diferente, não é apressado, naquele dia você não me beijou, mas eu te beijei, seus lábios também me enviaram choques e teu beijo doce fez minha cabeça rodar, como pode alguém ser tão perfeito? me perguntei enquanto o sol caia e você segurava a minha mão.
   Eu não sei como, mas espero ter pra sempre você ao meu lado.

Familia... Bando de loucos

 
   Minha mãe bipolar, meu pai estressado que odeia gente, meu irmão bagunceiro, minha irmã loquinha de pedra, minha amigas com tendência ao melodramático, ou aquelas que quando bebês caíram muito do berço, apesar de ter horas que eu quero matá-las e com certeza mataria por elas. Pergunto-me como seria a vida sem essa minha grande família com certeza seria a vida mais triste, a mais cruel, a mais... sozinha do mundo, eu me fortaleço de apenas 3 coisas: Meu coração, minha imaginação e minha família, eles são tudo o que tenho, eles sempre serão tudo o que terei, meu alicerce, meu porto seguro onde eu sempre poderei correr e dizer "foi tudo mentira" O que seria de mim sem eles, sem seus corações supostamente frio (sei que eles guardam um verdadeiro coração ali em baixo) Sem minha mãe pegando em meu pé (isso me tira do sério e eu tenho que contar até 10 beeeem de vagar para poder me acalmar) Sem meu pai e suas perguntas repetitivas que me perturbam, bom eu sei o que seria de mim; Um corpo sem alma e sem alegria, é por isso e pelos momento bons em que quando brigo com meus pais eu volto e peço perdão ou tento conversar, sem meus amigos não tenho alegria, eles também são minha família, eu amo a todos incondicionamente, esse bando de loucos, que por milagre me amam também, eternamente família...

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Decisions, decisions

 

   Quero tanto ir, quero tanto ficar. A tanta coisa a fazer aqui, e tanto para se aproveitar lá, mas á medos em meu caminho, decisões a tomar. Não sei se fico, não sei se vou, e apenas oito horas para decidir, se for não volto tão cedo perderei muito coisa se for, mas á pessoas a minha espera, que esperaram por 11 meses a minha volta, que aguardam ansiosas para me abraçar, o que fazer, pra onde ir.... Não sei se vou, não sei se fico, e apenas minutos para decidir, meu Deus o que faço agora?!?!

Sou Diferente Sim!


   Todo mundo diz que sou louca, tem gente preocupada que falo sozinha, ou com o livro. Há, qual é o problema, se meus sonhos mais sombrios, são o pesadelo de outros? Eu sou diferente, não sigo moda tenho estilo proprio e não tô, preocupada com o que pensam de mim (isso levou tempo, mas sim uma pessoa consegue ser assim) Eu sou esquisita? Sim. Estranha? Sim. Fracaçada? Não! Eu sigo meus sonhos muito bem, eu sou mais eu, você não está afim de uma garota com atitude? Que pena, tem gente que gosta. Pra todo mundo, tenta, me rebaixar por ser assim louca, fantasiosa e preferir viver em minha mente do que nesse mundo duro, vou lhes dizer um segredo: Eu sou diferente sim! e tenho orgulho de ser assim.

Como seria??

foto tirada do site primeirolivro, obrigada pelo emprestimo =D

   A menina encosta a cabeça no ombro de seu namorado e suspira.
- Amor... - pergunta a garota.
- Sim? - responde o garoto.
- O que você faria se eu morresse agora? - testa a menina. O menino hesita, com medo do que falaria.
-  E-eu não sei - responde ele por fim. A menina tem então uma visão dela morta, o menino ao seu lado então o celular dele toca, ele fala com alguém e vai para a balada. Dois meses durou o relacionamento entre eles.


   A menina encosta a cabeça no ombro de seu namorado olhando para o por- do-sol.
- Amor... - pergunta a garota.
- Sim? - responde o garoto.
- O que você faria se eu morresse agora? - testa a menina.
- Eu iria bem atrás de você - diz o menino sem hesitar. Mesmo achando fofo a menina tem uma visão de uma cena parecida com Romeu & Julieta. Um ano e meio durou o relacionamento entre eles.

  A menina encosta a cabeça no ombro de seu namorado.
- Amor... - pergunta a garota.
- Sim? - responde o garoto.
- O que você faria se eu morresse agora? - testa a menina.
- Nunca repita isso amor! E nem pense nisso também, pois não á nada pior do que isso. Nunca morreremos - Diz o garoto, a menina então lhe dá um beijo, ao ter uma visão sua com ele eternidade a fora, na mente de seus filhos e netos.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Do lado de lá


Sentada na praia, olho o belo horisonte, o lado de cá é realmente lindo, perfeito. Aqui tenho tudo o que mais amo junto, meus amigos, alguem para amar, o sol e a chuva no final do dia. Aqui é perfeito.
- Então por que vais embora? - Pergunta Rodrigo, lendo minha mente.
- Do lado de cá, é perfeito, mas aquilo que nessecitamos tem de ser imperfeito, aqui tenho todas as minhas amigas convivendo em harmonia no mesmo espaço, mas sempre haverá uma escolha e isso aqui - digo apontando para as meninas, todas elas junta jogando volei de areia a alguns metros de nós. - é errado. Você, meu amor, eu nem te conquistei você simplesmente apareceu e me ama, não é assim, pois se fosse assim como iria amadurecer com as desilusões? Como iria realmente dar valor a você quando te encontrasse se eu vivesse aqui? - lhe pergunto, ele apenas me olha triste.
- Aqui é lindo e...  - ele, tenta me convencer.
- E lindo. É mágico, mas não existe nada mais lindo ou mais magico que nosso lar, apesar de muita gentem não perceber isso - tento lhe explicar e sorrio.
- Vai voltar? - ele pergunta triste.
- Um dia, bem no futuro, quando eu não precisar mais do lado de lá e eles não precisarem de mim. - digo. E assim saimos eu e Rodrigo caminhando na praia meu ultimo por do sol antes de ir para o lado de lá.


By: Meg


Ps: Desculpem-me por ter demorado, um pouco muito pra voltar a postar eu estava meio enrroscada espero que gostem =D

domingo, 12 de dezembro de 2010

Coragem

 
   Coragem de pular, coragem de arriscar tudo e perder, coragem aquilo que me falta, aquilo que eu tenho em algun lugar, mas o medo entra na frente, só vontade não dá. Sem vocês não dá, sem vocês não consigo ir, mas com você conseguimos todos pular, dançar, cantar e zoar, ir até a lua e voltar pois vocês são eles, aqueles que me ajudam a vencer os meus medos e que não estão nem ai com a hora do mundo. Vocês são a minha coragem, meus amigos. Amo vocês!

By: Meg

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Você se foi


   Meu quarto antes meu mundo para criações agora era apenas meu refugiu, chorava com o olhar vago relembrando aqueles lindos momentos que me doíam tanto, e aqueles que deviam ter sido também.
   - Não fique assim Gina, vai ficar tudo bem - disse Laura passando a mão em meu longo cabelo loiro todo emaranhado. Eu não disse nada apenas continuei a olhar para o nada como se meus olhos estivessem gravados ali, lembrei de como brigamos aqueles últimos dias e vi o quanto eu fui burra, eu o amo e ele se foi por minha causa, não quis acreditar nele e nem ele quis acreditar em mim, recomecei a chorar soluçando vendo o quanto eu havia perdido; Seus beijos agora eram só a lembrança do gosto que ia sumindo, de seus abraços sobrou apenas a sensação de vasio e solidão. Meu telefone tocou eu olhei para a tela estava escrito Cintia, rosnei.
   - Alo - disse com a voz firme que não sabia que podia ser minha.
   - Oi Gininha querida, como está? - ela perguntou
   - Fale logo o que quer Cintia - disse sem paciência segurando um palavrão.
   - Só queria saber como você está depois daquele dia horrível pra você eu não a vi mais - disse ela rindo do outro lado da linha, ela havia me ligado ó pra me importunar. Laura pediu que eu desligasse eu disse não.
   - Escute aqui sua vaca, por que você não vai tripudiar alguém que queira em? E só pra informação geral da nação eu NUNCA ESTIVE MELHOR, PASSAR BEM... OU MELHOR NÃO! - disse desligando o telefone, enxugo as minha lágrimas, levanto da cama e olho para uma Laura bem surpresa.
   - Vamos sair - declarei trocando de roupa, eu não deixarei de amar ele, mas não iria sofrer assim. Nunca mais, nunca mais....

O teu beijo


Minhas pernas tremem, o espaço entre nós diminui, minha respiração acelera, a sua também, você encosta sua testa na minha e olha meu rosto, vai chegando bem perto de mim. você envolve minha cintura isso me obriga a levantar o rosto e abrir os olhos, vendo você meu estômago se agita como se existisse borboleta lá dentro, meu coração parece que vai parar, mas ao mesmo tempo bate como uma locomotiva. Minhas mãos estão suando, mas você não está prestando atenção nisso; seus olhos mesmo no final da tarde estão do mel mais lindo que já vi, você sorri para mim a quanto tempo estamos esperando isso? me pergunto, você chega mais perto minhas pernas ficam mais bambas ainda, estou ruborizada, sua respiração doce bate em meu rosto de tal a proximidade. Você está muito perto de mim, então chegando bem perto, você me beija, o melhor, doce e suave, ao mesmo tempo feroz tal a minha vontade de você, o momento parece eterno, nós parecemos eternos, mas mesmo assim tão rápido parece.
- Eu te amo - repito, assim que paramos, ele me abraça.
- Assim como eu amo você - Você me sorri e me beija de novo.

Melissa



 Espero que vocês comecem a entender a Mel melhor.




--------------------------------------***********************------------------------------

 Cheguei


    Cidade nova humanos novos e a mesma chatice de sempre, bom pelo menos os meninos daqui são bonitos, mas as meninas também e são tão fúteis meus Deus! Vou pra aula, entrei, olhos a todos alguns retribuem o meu olhar e se retraem e olho ele meu Deus como ele é bonito! Ele retribui meu olhar seguro e sorri pra mim, ele volta a conversar com seus amigos e ah... Vejo uma menina olhando para ele, ela chega perto dele, seguro o rosnado que eu quero tanto dar a ela, ela o abraça e ele devolve o abraço eu quero matá-la vou pro meu lugar e me sento esse vai ser um ano bem interessante, vamos ver...


--------------------------------------***********************------------------------------



By: Meg

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Desconhecido


O Desconhecido é aquela portinha bem perto da Loucura e de sua irmã gémea Imaginação, aquela portinha que está meio entreaberta na qual você pode se arriscar, na frente dela tem um sujeito... ou será uma moça?
- Com licença - a interrompo, quase certa de ser uma moça sua imagem ondula ora a de um homem de preto, ora a de uma moça com um vestido colorido. Me fixo na imagem da moça, ela me sorri com se soubesse o esforço que faço para enxerga-la.
- Sim? - ela pergunta sábia.
- O que tem ali atrás? - pergunto.
- Ora, que pergunta já não sabes que é aquilo que ninguém conhece? - ela me sorri. Óbvio penso esse é o "Desconhecido" sorrio para ela e pergunto:
- É eu sei, mas o que eu poderia encontrar ali atrás? - Pergunto a mulher que revira os olhos quando digo que sei, mas responde:
- Tudo - diz ela simplesmente.
- Tudo? - questiono duvidosa.
- Ou nada - ela sorri e penso que deve estar me pregando uma peça, olho para ela de cara fechada. Ela sorri e me pede educadamente - olhe pra mim... o que você vê?
- Uma bela moça em um vestido colorido - lhe respondo, ela continua a sorrir daquele jeito como se isso explicasse tudo.
- Exatamente - diz e vendo minha cara completa - se me vê assim e não a outra forma não teme tanto o desconhecido, então por que hesitas tanto?
- E se eu me machucar ou não gostar de lá? - pergunto temerosa me sentindo uma garotinha.
- Você nunca vai saber se não for lá ver - a mulher dá um passo para o lado me deixando o caminho livre entre mim e a porta. - as escolhas que fazemos são as que levaremos mesmo pra eternidade - e dizendo isso sumiu como fumaça.  Como medo avancei até a porta com todo o cuidado do mundo terminei de abrir a porta, primeiro a luz la dentro me cegou então quando pude finalmente ver o que havia lá arfei incrédula, era... lindo.


By: Meg

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Olhe pra mim

Se você olhar pra mim e ver o ódio, não tente me acalmar e sim sai de perto pois no momento de ira machucamos a quem mais amamos.
Se você olhar pra mim e ver a tristeza, me beije e diga que me ama, pois não á remédio melhor que o seu amor
Se você olhar pra mim e ver o medo, me abrace, pois nada me fará mais feliz do que saber que você está ao meu lado. 
Se você olhar pra mim e ver a morte, diga que temos muito pela frente.
Se você olhar pra mim e ver a vida, sorria e sugira um passeio, pois estarei mentindo.
Agora se olhar somente nos meus olhos, aquele lugar onde nunca haverá uma mascara verá apenas uma coisa, pequena, frágil, delicada, a única certeza que existe em mim, você verá o meu amor por você.

By: Meg

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Bailarinos

PS: se eu fosse vocês leria esse post ouvindo  Katy Perry - Not Like The Movies




   Os bailarino se equilibram, caem muitas vezes e pode crer é difícil ser um bailarino (digo por experiência própria) Eles superam seus limites e quando caem eles, desde pequenos aprendendo, se levantam e começam de novo, eles suam e muitas vezes vão pra casa quebrados só para ter que fazer muito mais e ter que voltar lá no dia seguinte, mas pra eles não é sofrimento e sim alegria, eles se sentem bem lá e, na minha opinião, são completamente loucos. Queria poder ser uma bailarina, só pra que quando caísse pudesse me levantar com a mesma leveza, e que quando me sentisse quebrada eu pudesse voltar lá e fazer tudo de novo.
   Sei que os bailarinos também choram, mas pouco pois eles não tem tempo, eles tem que ser fortes e eu queria poder ser forte como eles, chorar e logo voltar a alegria que eles passam nos palcos, esses são os melhores eles são os bailarinos....

By: Meg

Eu voltei!

Olás, estou de volta quase curada, mas muito melhor que antes (eu disse que me curava logo)
bom vamos ver o que postar...

=D
 By: Meg

domingo, 5 de dezembro de 2010

Estou doente

Não, não é de amor, também não é de ódio, minha cabeça está doendo, tenho febre e minha garganta queima. Eu sei isso é uma droga! Vou ficar sem postar por tempo indeterminado (até eu melhorar) E a sorte de vocês é que eu me curo bem rápido, escrevo quando puder. =/

By: Uma Meg cansada.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Estou cansada


              Estou cansada de fingir nessa vida estranha que levo, estou cansada desses mesmos rostos, 
                         dessas piadas ridículas e principalmente estou cansada de ser que sou.
                deito na grama e penso o que poderia ser, quando dou por mim estou chorando ou dormindo sob o sol.
o que você quer da sua vida? me pergunto. E a resposta? Eu bem queria saber.....

Eu te odeio!


Eu odeio o jeito como você consegue ser o melhor em tudo, as melhores notas, seus fãs, você é um completo idiota! Você corre atrás de mim pedindo pra conversar, sua voz me irrita, e como você consegue me enlouquecer, eu fico pensando em você o dia todo e em sua burricice. Como consegue? Eu queria poder te bater, você me irrita até o fundo da alma, até quando sonho! E as menininhas tolas que ficam em seus pés eu tenho nojo de tudo que vem de você, as vezes eu quero chorar, eu acho que você me envenenou envenenou me coração por que de repente eu virei uma daquelas menininhas tolas! Eu não quero ser, mas você é doce comigo, você fala que me quer e eu só quero paz, do nada eu perdi minhas rédeas não controlo mais o meu coração o que você fez comigo para minhas lágrimas correrem? Eu não sei mais o que fazer eu te amo. Por que? Eu me perdi legal em mim mesma, e eu quero te odiar, mas eu não consigo mais eu quero te bater, mas eu não posso ficar perto de você, não sei mais nada sobre mim, você me enfeitiçou, mas agora eu não consigo te odiar e sim só te amar.

By: Meg

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Frase da noite



Quanto mais eu penso na minha vida mais percebo o quanto ainda não vivi

Melissa




--------------------------------------*************************----------------------------
Sou eu.
   Meus olhos outrora verdes agora brilham pretos como o terror, minha boca é do mais atrativo vermelho natural, e eu antes inocente sou apenas eu e não me importo mais com nada eu rio de seu medo. A única coisa que me importo são as aparências então eu relutantemente irei voltar para escola já que estou presa nesse corpinho de 16 anos eternamente, eu não estou muito preocupada com o passado, muito menos com o futuro eu vivo no presente ninguém me mudará, essa sou eu...


--------------------------------------*************************----------------------------


By: Meg

O melhor dos sonhos


Você apareceu na minha vida de um jeito louco, me apaixonei e o mais inacreditável foi que você correspondeu, tenho quase certeza que estou sonhando, mas se eu estiver por favor não me acorde, seus olhos me encantam e eu me perco quando você me olha, eu não entendo como consegue, esse é concerteza o melhor dos sonhos, quando você chega perto de mim sinto um arrepio e tento lembrar de respirar quando você me beija, você consegue me deixar louca de vez! Agora tenho quase certeza eu estou sonhando, digo isso a você e você apenas ri e me abraça, você me faz tão bem e do mesmo jeito é tão prejudicial a minha saúde. Meu coração, eu acho, não é capaz de aguentar quando você diz que me ama, concerteza o melhor dos sonhos é você, nunca mais acordo...


By: Meg

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Frase da noite

to sem ideia então hoje digo apenas boa noite!


By: Meg

o que se fazer quando não ah nada pra se fazer?


Não sabe o que fazer? Ora essa é fácil mude
inove, mude seu cabelo, sua casa, sua vida
mude tudo que quiser, beije alguém, entre em parafuso, ouça uma musica, ame, viva!
se movimente, divirta-se de seu jeito, e principalmente seja feliz!!!!

By: Meg

Imaginação

A inspiração me foge, quando quero pega-lá
To sem ideia.... A inspiração vem, escrevo. Minha imaginação vai além, vejo coisas passando sorrateiramente por meu quarto, vejo coisas e lembro. Estou no meu mundo, no mundo onde escolho viver eternamente com o meu  tão desejado e amado príncipe encantado do carro exporte. Lá fora ouço o lobisomem uivar a matilha, ouço as fadas  e suas asas batendo depressa, ouço as risadas das bruxas e a sucção dos meus vampiros.
Os gnomos estão comendo na floresta, as naíades e as dríades estão cuidando de suas matas e de seus rios. E eu voo observando tudo e a todos que amo, os que criei e os que eu ainda criarei. Eu irei fundo, ficarei livre desse mundo, das guerras dos homens travarei minhas próprias batalhas e viverei mais feliz eu serei...
imortal




by: Meg

Remember me



A vida é feita de momentos
Quem dorme, não vê
Quem não pensa, perde
Quem quer, ganha
Quem procura, acha
Quem ama, é feliz
Quem aprende, erra de novo
Quem escreve, sente
Quem explica, nem sempre sabe e
Quem aprecia aprende a viver


By: Meg

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Frase da noite

aqueles que nos amam nunca nos deixam de verdade e sempre pode encontra- los em seu coração



By: Meg

Meu último suspiro a você

Eu queria tanto que pudéssemos continuar a ser aquilo que éramos... Apenas dois amigos sentados lanchando juntos no pátio, que saudade eu sinto daquela época, aquele que foi o último bilhete meu pra você entre tantos inteligíveis que trocamos apenas dizia "você vai ser meu amigo amanhã?" E sua resposta foi o que bastou, seu sim desconcertantemente fiel de olhos arregalados. Ah que saudade que tenho de você! Eu me enganei, errei em algum lugar, você quebrou meu coração varias vezes e eu suspirei tola e internamente por você, você não entenderia que me apaixonei, por seu sorriso e eu não entendia como é que você conseguia deixar o meu dia tão melhor, meu sol, meu melhor amigo nunca esqueço de você; resolvi que não adiantava chorar mais, mas por favor não me conte mais "dela" pois eu disse a mim mesma que não iria mais ferir meu coração parecendo uma boa amiga te incentivando, eu ainda não estou totalmente curada, nunca se esqueça de mim e eu de um jeito quase certo agora te amo, e perguntarei de novo você será meu amigo pra sempre?


da sua eterna amiga
By: Meg

Mayara

Agora você vai embora e eu não vou mais te ver, sei que não gosta de melação, mas eu preciso te dizer... EU GOSTO MUUUUITO DE VOCÊ!
Bom nós crescemos juntas e agora você vai embora e eu vou voltar a vagar sozinha pela escola
você me lembra aqueles primeiros dias juntas em que ficávamos brincando e também caçoando das meninas esnobes mesmo nós só tendo 5 anos éramos espertas e nossa lembra como corríamos era correr ou apanhar né? Crescemos sendo duas deslocada conhecemos mais gente e então viramos..... um grupo de deslocadas claro! Nunca vou esquecer de quando sentávamos perto do campinho de futebol da escola pra lanchar e ficávamos vendo o  "Goleiro" Quando você foi pra turma da tarde e eu ficava de recuperação, ! a sua sala bem que estava quietinha. Mas...May você sempre irá precisar de uma campainha de advertência, não importa aonde você esteja agora eu vagarei e o que eu faço sem você? Sem você mexendo no meu celular no meio da aula, sem a sua gargalhada exagerada nas  horas certas e erradas e principalmente como irei viver sem as suas malícias?!?!?! Piadas, Bagunça e espiadas por cima do ombro na troca de professores com eu dizendo "tudo bem May pode usar o meu celular pra entrar na Internet que o professor ainda não chegou" Hahaha, May já sinto a sua falta  e como não concordar com a Avril Lavigne concerteza you the best damn thing that my eyes have ever seen. Eu prometo ir te visitar, mas isso não pode ser mão única venha me ver e ver o shopping, nunca me esquecerei de você nem que eu viva 3.000 anos, eu te amo minha amiga




By: Meg

Melissa

Olá meu nome é Melissa vivo sozinha há anos e é melhor ficar longe de mim, pois sou má e não tenho sentimentos bons baby, eu posso te enfeitiçar, te enlouquecer, mas pra meu próprio bem vou me proteger, pois apesar de improvável posso me apaixonar, garotos. Já meninas cuidado eu sinto ciúmes muito fácil e vocês humanos são muito frágeis pra mim prepare-se estou chegando....




Então...

Então você devem ter percebido que eu criei uma nova pagina chamada Melissa ela é uma vampira (antes que pensem, eu sempre, desde os quatro  anos sou viciada em vampiros e imortais!) Bom... Melissa vai para uma cidade e como ela parece ter 14 anos tem que obrigatoriamente ir para uma escola e bom eu conto o que acontece. leia com mente aberta por que alguns podem não compreender
espero que gostem.   =D


By: Meg

Estou triste por que cresci

Cresci desde criança, desde que me proibiam de ser normal
Cresci tendo que me comportar, fingir ter 26 anos quando só tinha 6
Ter que me apresentar bem, mas eu sempre gostei dos elogios,
por meu bom comportamento e minha fina educação...
Mas será que eu devia ter sido mais criança e ter deixado de ser futil?
A meus pais eu não consigo culpar, sei que me criaram como puderam
e me amam mais que tudo, mas sei que se fosse normal falava tudo na cara
e não escrevia aqui. Quando criança não tive amigos imaginário também não tive reais
Me sinto como a Cathy* Ela foi domada e voltou gentil e educada.
Queria ser rebelde e poder ouvir musica alta, mas por mais que tente não dá
Gosto de musica clássica baixa, gosto de valsa.
Ah! Odeio modinhas, mas queria tanto ser radical
"Quer ser fútil?" pergunto a mim mesma
"Não só queria...." tento argumentar, mas penso será que queria mesmo ser norma? Assim não iria querer ser alguém, penso, não ia sonhar com o impossível achando que isso é só uma questão de opinião, não ia mais conseguir voar nos meus sonhos e continuaria a ser fútil (pode ter certeza eu me conheço)Penso, penso,penso, mas na verdade eu não sei se quero ser normal ou diferente


* Cathy- Morro Dos Ventos Uivantes


By: Meg